Capoeiristas do Grupo Jejê Nagô, se reuniram na praça São Bento, na cidade de Mirador

 

A apresentação dos capoeiristas começaram por volta das 16h30 deste sábado (08) na Praça São Bento, no centro de Mirador.

 

Sob o comando do Contra-Mestre Domingos, da cidade de Pastos Bons, o Grupo Jejê Nagô reuniu professores e alunos das cidade de Pastos Bons, Mirador e Feira da Várzea zona rural de Sucupira do Norte.

 

O Grupo de Capoeira Jejê Nagô da Feira da Várzea é liderado pelo professor Lucas e foi criado em 2016 pela professora Rita Moura.

 

Segundo as informações do professor Lucas, a falta de apoio financeiro para as despesas se torna uma grande dificuldade para manter os 34 alunos matriculados.

 

 Daniel, que é professor do grupo em Mirador também relata os problemas com a falta de apoio para manter o grupo que antes era um dos maiores da região

 

Em Pastos Bons Bons, o Grupo de Capoeira Jejê Nagô foi criado no ano de 2001 pelo Padre Gilmar, Josemar e pelo mestre Juvenal.

 

O Contra-Mestre de capoeira Domingos de Pastos Bons falou do grande apoio que  tem recebido da Secretária de Educação Claudiana Guimarães, do Secretário de Esporte Dário, e da Prefeita Iriane Gonçalo.

 

A capoeira é uma luta genuinamente brasileira e foi criada durante o século XVII por africanos escravizados da etnia banto.

 

Hoje, a capoeira é praticada por mais de 6 milhões de brasileiros, no mundo são mais de 8 milhões de capoeiristas.

 

Com Informações ✍️: Maritonio Dantas.




Gostou desta notícia? Compartilhe!


Notícias parecidas