Pastor é preso por abusar sexualmente de fiéis em altar de igreja em Sucupira do Norte

As vítimas relataram que o pastor as levava para um altar e as manipulavam sexualmente, tocando em seus órgãos genitais e outras locais do corpo. Ele dizia: “estou sendo guiado por Deus".

 

A Polícia Civil do Maranhão, através da Delegacia Regional de São João dos Patos, realizou, nesta quinta-feira (05), a “Operação Mateus 7-15”, para cumprindo de mandado de prisão contra o pastor de iniciais L. F. G. V, acusado de abusar sexualmente de mulheres. Ele é pastor de uma igreja localizada na cidade de Sucupira do Norte, a 514 km de São Luís.

 

Várias fiéis denunciaram o líder religioso por abuso sexual. Durante ritual, o pastor afirmava que as vítimas estavam possuídas por demônios e precisavam ser submetidas ao ritual da salvação.

 

Esse ritual consistia em abusos sexuais dentro da igreja. As vítimas relataram que o pastor as levava para um altar e as manipulava sexualmente, tocando em seus órgãos genitais e outras locais do corpo. Ele dizia: “estou sendo guiado por Deus".

 

A operação faz referência ao cuidado com os falsos profetas, citados no livro Mateus. “Cuidado com os falsos profetas. Eles vêm a vocês vestidos de peles de ovelhas, mas por dentro são lobos devoradores”, diz a Bíblia.

 

A investigação continua para identificar outras possíveis vítimas do falso profeta.

 

Informações Blog Gilberto Lima




Gostou desta notícia? Compartilhe!


Notícias parecidas